sábado, 25 de junho de 2011

VIDA E MORTE



Quando descobri que tinha esclerose múltipla,foi como se me jogassem num buraco de onde ninguém podia me tirar,ninguém podia me ajudar efetivamente. O meu médico tentou ser o mais gentil possível,me explicou,me esclareceu muitas coisas,mas eu ainda queria saber mais. Mergulhei na internet,li muitas coisas,reli muitas histórias. Mesmo com os olhos cheios d'agua continuava lendo,mal terminava uma linha e tinha que interromper para secar minhas lágrimas. Então,achei aquilo que tanto queria saber,"A esclerose múltipla,era fatal?" Essa perguntava nao calava dentro de mim,mas sentia muito medo da resposta,quando achei essa resposta e me senti muito aliviada quando li e em seguida confirmada pelo meu médico,"nao,a esclerose múltipla não é fatal!" Ufa....que alívio!!!
Senti muito medo de morrer nesse período,percebi que tinha muito medo de partir! Mas, repensei toda a minha vida,questionei minhas prioridades e pensei nas pessoas que circundam minha história. Com certeza,hoje tenho outra idéia sobre relacionamentos.
Hoje lendo um texto de Rubem Alves achei algo interessante que dizia assim: "Dizem as escrituras sagradas: "Para tudo há o seu tempo. Há tempo para nascer e tempo para morrer". A morte e a vida não são contrárias. São irmãs. A "reverência pela vida" exige que sejamos sábios para permitir que a morte chegue quando a vida deseja ir.



Cada um tem sua concepção sobre a morte,mas acredito que todos nós temos medo dela,senão todos,uma grande maioria.Temos medo da dor,pois passamos toda a nossa vida tentando evitá-la e quase nunca conseguimos. Temos medo de estarmos sozinhos nessa hora.Temos medo do desconhecido... O fato é que nascemos sozinhos e morremos sozinhos,e que a morte faz parte do nosso futuro...

Bom,pessoal acho que isso ai!!! Adoro receber novos seguidores e comentários... E quando quiserem perguntar algo sobre a Esclerose Múltipla,postem aqui,que vou tentar esclarecer.

P.S: NEM TUDO QUE SE LE NA INTERNET E VALIDO, COMO UM NEUROLOGISTA DIZ, A INTERNET NAO SE FORMOU EM MEDICINA.





Um comentário: